fbpx

Leitores do PAT sugerem demandas para o(a) gestor(a) de Alegrete em 2021
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

No dia 15 de novembro, os eleitores de Alegrete irão às urnas para votar nas eleições municipais.

Os mais de 58 mil eleitores que forem às urnas neste domingo próximo, esperam que o prefeito(a) eleito(a) cumpra com as promessas. Dentre os 4 candidatos, a escolha é uma só na hora de registrar na urna eletrônica.

Pensando nisso, o Portal Alegrete Tudo perguntou aos leitores do site, o que eles sugerem ao novo administrador do município. A pergunta foi aleatória e de forma espontânea entre alguns seguidores da página do PAT.

Crimes eleitorais, identifique-os e denuncie à Justiça Eleitoral

Centenas de respostas foram colhidas pela reportagem. Entre os entrevistados, profissionais liberais, professores, estudantes, comerciários, empresários, ciclistas, motociclistas e motoristas. A reportagem fez o questionamento e entra centenas de opiniões, destaca algumas nessa reportagem. Os nomes foram preservados, conforme combinado na enquete com os leitores.

Entre tantas sugestões, opiniões, anseios e pedidos, o prefeito que assumir em 2021, terá boas alternativas para somar no seu plano de gestão. Confira alguns relatos:

 

“Respondo por mim e pela maioria dos empresários. Nós, empresários  a única coisa que queremos é que não nos atrapalhem. Única coisa que queremos do Poder Público é isso”.

Brincadeira de alegretense, durante a pandemia, pode entrar para o Guinness Book

“Eu gostaria que o gestor público, formasse um núcleo dos presidentes de bairros para ouvir diretamente dos presidentes de bairros o que eles têm a dizer e não precisar ir até a Câmara procurar um vereador. Depender da boa vontade do vereador para levar um projeto até a prefeitura. Então, o presidente de bairro teria que ter mais voz perante aos gestores do município”.

 

“Alegrete é uma cidade maravilhosa. O município cresceu, e como produtor rural, acho que a gestão é voltada somente para cidade. Tem que se dar conta que Alegrete é uma cidade rural, e as administrações sempre focaram na cidade. A zona rural é sempre segundo plano. A nossa comunidade rural tá envelhecida, os trabalhadores estão velhos, e como captar novas pessoas para o campo. Espero da nova administração que voltem seus olhos para as pessoas do campo. Qualidade de vida”.

Técnica de enfermagem que contraiu o coronavírus tem encontro emocionante com a filha

“Uma solução da Ponte Borges de Medeiros, industrialização dos resíduos sólidos urbanos, Projeto Vila Solidária, sinalização ciclo-rodoviária de Alegrete. Mudança da Rodoviária para onde é o antigo aeroporto e transformação da atual rodoviária e ferroviária em um centro de gastronomia e economia popular. Reorganização das escolas de Alegrete e postos de saúde. Reunindo algumas em uma só, dando a esta nova escola ou postinho, mais condições técnicas e sociais. Construção de Centros Esportivos que possibilitem a autonomia econômica dos clubes de futebol e a construção de ginásio de esportes, ou a remodelação do existente no IEEOA”.

“Mais apoio e incentivo para a população utilizar mais a bike diariamente com segurança e respeito, isso inclui projetos com empresários e escolas também, que sejam medidas e ações cotidianos e não só em datas especiais”

 

 

Júlio Cesar Santos                                                     
Foto: Eduardo Silveira 

 


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •