Mais trabalhadores testaram positivo no Marfrig

Uma das maiores indústrias de Alegrete, o frigorífico Marfrig não esta testando as pessoas quando chegam para trabalhar. A informação do Sindicato da Indústria da Alimentação é de que se alguém tiver algum sintoma, ai sim vai passar pelo teste.

Unidade-Alegrete-Marfrig
Unidade-Alegrete-Marfrig

Até o momento, dos 600 trabalhadores da planta local 78 estão positivados e afastados das atividades laborais e sete retornaram ao trabalho. Com isso, alguns setores precisaram remanejar pessoas para dar andamento ao trabalho. No abate era 90 servidores, com mudanças internas passou para 75 e agora com a onda de Covid tem 60.

Marcos Rose informa que estão em permanente contato com a empresa sobre a situação dos trabalhadores.

Buzina, ronco de motores e muita comoção no adeus a Rene Pires dos Santos

Neste dia 13, em seis horas foram abatidos apenas 200 animais, conforme Rosse. O normal num dia de trabalho é mais de 400 animais serem abatidos.

A planta de São Gabriel de acordo com o sindicalista positivou mais de 100 pessoas, mas não fechou.

Ele esclarece que a indústria conseguiu a carta de exportação, o que e bem difícil, assim como aqui de Alegrete e por isso dificilmente vão parar suas atividades, porque isso corre o risco de perder essa habilitação, e assim prejudica toda a atividade.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários