Mortandade de abelhas no Parové ultrapassa 300 mil de prejuízo

Produtores acreditam que foi dessecante com veneno para formiga que provocou a morte das abelhas .

Mortandade de abelhas
Mortandade de abelhas

A mortandade de abelhas em apiários da Região do Parové, em Alegrete, repercutiu como sendo um crime ambiental.

Seis produtores foram atingidos num total de 350 colmeias e um prejuízo que ultrapassa 300 mil reais.

Ronei Mendonça Franco, que fala em nome dos apicultores, diz que registram BO, porque foi realmente um choque a todos chegar para verificar as caixas e ver o amontoado de abelhas mortas.

Se não bastasse os cavalos, agora vacas soltas pelas ruas

O produtor diz que já sabe o que houve, em uma plantação de nabo forrageiro ao lado dos apiários, onde foi colocado dessecante com veneno de formiga, acreditam os produtores.

As abelhas polinizam, sendo responsáveis por quase toda a cadeia natural de plantas, observa.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários