Mulher procura a DP para relatar conflito com vizinha provocado pelo som do alarme

Uma trabalhadora autônoma residente no bairro Vila Nova, em Alegrete, procurou a Delegacia de Polícia devido aos transtornos constantes que vem sofrendo todas as noites ao chegar em casa.

Delegacia de Alegrete
Delegacia de Alegrete

A mulher relatou que uma vizinha tem se incomodado com o barulho do alarme sendo acionado quando ela vai colocar o carro na garagem. A suspeita profere inúmeras palavras ofensivas o que gera constrangimento para a vítima, que decidiu tomar medidas legais.

Adolescente é estuprada várias vezes pelo irmão, denuncia mãe à polícia

Segundo a trabalhadora autônoma, que opera um trailer de lanches, é essencial que ela possa estacionar o veículo na garagem, ao chegar em casa. O alarme utilizado por ela é comum, no entanto, a vizinha tem demonstrado uma reação excessiva ao barulho, gritando palavras ofensivas.

A situação tornou-se insuportável para a vítima, que se sente cada vez mais perturbada e incapaz de resolver o conflito de forma amigável. Diante disso, resolveu procurar a Delegacia de Polícia. A vítima registrou um boletim de ocorrência relatando os episódios de agressão verbal e constrangimento vivenciados. Por essa razão, ela decidiu recorrer à DP para obter a devida proteção e justiça.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários