Polícia ainda não localizou familiares de homem vítima de homicídio na região do Caverá, interior de Rosário do Sul

Na manhã da última quarta-feira(8), no cemitério São Sebastião, foi realizado o sepultamento de Adão Cristaldo Macedo, de 74 anos, vítima de homicídio por disparo de arma de fogo ocorrido na tarde de segunda-feira(6), no interior de Rosário do Sul. O corpo foi encontrado nos fundos de uma fazenda na região do Caverá, cerca de 70km da cidade.

A Polícia Civil, após a ocorrência, iniciou as investigações sobre o caso. O autor do disparo já foi identificado e deverá se apresentar na Delegacia de Polícia acompanhado de seu advogado. Segundo informações, o crime teria ocorrido em legítima defesa, após uma suposta ameaça por parte da vítima, que estaria armada com uma faca.

Sem acesso a UTIs da região central e capital, aumenta procura pelo serviço da Neonatal de Alegrete

O delegado Daniel Severo, responsável pelo caso, solicitou apoio da imprensa para localizar os familiares de Adão Cristaldo Macedo, porém até o momento nenhum havia sido encontrado. O delegado ressaltou a importância de qualquer informação que possa esclarecer as circunstâncias que levaram Adão na propriedade onde ocorreu o crime.

O único documento encontrado com a vítima foi a carteira de identidade, que indicava ser natural de Manoel Viana/RS. A comunicação do homicídio à Polícia Civil foi feita pelo advogado do autor, que alega legítima defesa. O caso é o primeiro registro de homicídio em Rosário do Sul no ano de 2024. As investigações prosseguem para esclarecer todos os detalhes do ocorrido. Se alguém tiver informações pode ligar para  (55) 3231-2833.

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários