Práticas integrativas de saúde estarão em unidades da Rede Pública, de Alegrete, em 2024

As Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS) são abordagens terapêuticas que têm como objetivo prevenir agravos à saúde, a promoção e recuperação da saúde, enfatizando a escuta acolhedora, a construção de laços terapêuticos e a conexão entre ser humano, meio ambiente e sociedade.

A AUFAMISMA, ao completar 25 anos, em Alegrete, comemora a decisão da Rede de Saúde do Município em introduzir práticas integrativas nas unidades de saúde de Alegrete em 2024. Nádia Mileto que integra a Associação de usuários e familiares da saúde mental informa que, incialmente, cinco unidades de saúde vão oferecer essas práticas, que incluem reiki, benzeduras, dentre outras. A garantia dessas práticas foi regulamentada pela Lei municipal 6.167 de 2019.

Primos resgatam, no interior, brincadeiras esquecidas e muito diferentes das telas e dos games

Elas foram institucionalizadas pela Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no Sistema Único de Saúde (PNPIC) e, atualmente, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece, de forma integral e gratuita, 29 procedimentos de Práticas Integrativas e Complementares (PICS) à população.

Essas condutas terapêuticas desempenham um papel abrangente no SUS e podem ser incorporadas em todos os níveis da Rede de Atenção à Saúde, com foco especial na Atenção Primária, onde têm grande potencial de atuação. Uma das ideias centrais dessa abordagem é uma visão ampliada do processo saúde e doença, assim como a promoção do cuidado integral do ser humano, especialmente do autocuidado. As indicações às práticas se baseiam na no indivíduo como um todo, levando em conta seus aspectos físicos, emocionais, mentais e sociais, acentou Nádia Mileto.

Jovens levam afeto, doações e muito carinho ao lar do idoso Ari Vargas Paim

Ele lembra que foi um trabalho coletivo para que essas atividades que ajudam a saúde integral das pessoas fossem oferecidas nas unidades basicas de saúde da cidade que atendem pacientes pelo SUS.

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários