Seminário de Medicina Veterinária trará muitos conhecimentos acadêmicos e profissionais da área

O 24º Seminário Acadêmico de Medicina Veterinária da URCAMP – Campus Alegrete de 12 a 14 de junho é muito mais do que uma reunião de estudantes e profissionais para discutir temas específicos. Sua realização na cidade de Alegrete permite a participação de diversos profissionais autônomos de cidades próximas, bem como de discentes do curso de Medicina Veterinária (URCAMP), zootecnia, agronomia e técnico agrícola (IFFAR) e de universidades da região.

Destaca-se que este evento é uma oportunidade única para enriquecer o conhecimento e fortalecer redes de contato com profissionais de diversas áreas relacionadas a medicina veterinária.

Mulheres brigam por motivo incomum e uma sofreu sérios ferimentos na cabeça

É crucial reconhecer a importância do compartilhamento de conhecimento. No 24° Seminário Acadêmico de Medicina Veterinária da URCAMP, os estudantes terão acesso a uma ampla gama de palestras e minicursos focados na prática veterinária, proporcionando um ambiente para a troca de saberes entre colegas, docentes e profissionais autônomos. Essa dinâmica promove não apenas o aprimoramento acadêmico, mas também estimula o desenvolvimento do pensamento crítico, uma habilidade indispensável para o futuro profissional.

Imagem incomum: gato espanta bugio de telhado em Alegrete

Além disso, oferece uma plataforma valiosa para a interação e o estabelecimento de relacionamentos profissionais. Essas conexões podem resultar em oportunidades de estágio, parcerias em projetos de pesquisa, acesso a programas de pós-graduação e colaborações futuras. Essa interação não só enriquece a experiência acadêmica dos estudantes, mas também os prepara para os desafios do mercado de trabalho.

No contexto específico de Alegrete, um evento deste porte pode ter um impacto ainda mais significativo. A cidade, conhecida por sua forte presença na pecuária e na agricultura, se beneficia diretamente do avanço do conhecimento na área veterinária. O debate sobre novas técnicas de manejo, métodos de prevenção de doenças e pesquisas sobre a saúde animal gera um impacto direto na produtividade e na qualidade dos produtos locais. Eventos desse tipo reforçam o papel crucial da cidade de Alegrete no mapa acadêmico e profissional, fortalecendo sua posição como um centro de excelência nas atividades relacionadas a Medicina Veterinária.

Em suma, a realização deste evento é parte essencial da formação dos estudantes de Medicina Veterinária, já que não apenas promove o aprendizado e a colaboração, mas também têm o potencial de impulsionar a inovação e o progresso em áreas essenciais para a comunidade local.

Dentre os temas serão abordados neonatologia equina com a palestra da Doutora em veterinária- Luciana Araújo Lins; fatores para eficiência na produção ovina com Tatiana Pfuller Wommer doutora em Zootecnia; exame andrológico em bovinos abordados por Silvio Oliveira Menegass; cirurgia reconstrutiva em pequenos animais com João Pedo Scussel Feranti; uso de antibióticos promotores do crescimento na dieta de frangos e suínos que será abordado por Kátia Maria Cardinal e bioterapia larval na Medicina Veterinária com a médica veterinária Silvia Gonzales Monteiro,

A coordenadora do curso da Urcamp em Alegrete, Adriana Stigger salienta a importância de eventos dessa natureza para o aprimoramento dos acadêmicos que fazem a sua formação e, também, os que já estão em atividades na área , visto que a nossa região é grande parte do país e agropecuário e, portanto tendo a necessidade de médicos veterinários que estejam alinhadoss ao avanço dos conhecimentos e técnicas da área.

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários