Alegrete tem 97% de efetividade na coleta de lixo no Município, aponta IBGE

Os serviços de coleta de lixo, direta ou indiretamente, beneficiavam 93,21% dos brasileiros em 2024, segundo dados do Censo divulgados na última quarta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em Alegrete, esse percentual sobe para 97% e caracteriza um alta efetividade no sistema de coleta de resíduos.

A pesquisa mostra que 88,3% dos moradores têm seus resíduos sólidos coletados diretamente no domicílio por serviços de limpeza. Mostrando assim, um serviço capacitado e eficiente dos profissionais da área em Alegrete.

Morre um símbolo do Carnaval de Alegrete: Tom Mix, o talentoso figurinista e artista

Coleta seletiva de lixo completa dois anos, mas parte da comunidade não faz sua parte

O censo aponta que 12,32% dos brasileiros precisam depositar seu lixo em uma caçamba, para que seja coletado pelas equipes de limpeza. A proporção de coleta de lixo, direta e indireta, no Censo de 2000, subiu de 76,4% para 85,8% em 2020, chegando aos 90,9% em 2023. Em Alegrete, esse número vem crescendo cada vez mais, o que antes era um problema de difícil solução, atualmente apresenta importantes avanços.

Entre os 8,32% que não têm acesso à coleta de lixo, 6,9% precisam recorrer à queima dos resíduos na propriedade, 0,2% enterram em seus domínios, 0,8% jogam em terrenos baldios ou áreas públicas e 0,64% dão outro destino.

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários