Banco do Brasil suspende prazos de consignados a aposentados

O Banco do Brasil vai permitir a suspensão por 60 dias e sem juros de parcelas de empréstimos consignados para aposentados e pensionistas do INSS no Estado do Rio Grande do Sul, que vive situação de calamidade diante das enchentes do último mês.

O banco também permitirá a contratação ou a renovação de operações com até seis meses de carência nas parcelas. Essa condição é permitida pela regulamentação de um normativo do Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS) aprovada na segunda-feira, 27.

“As medidas reforçam nosso propósito, na prática, de sermos próximos e relevantes na vida das pessoas em todos os momentos e apoiando, especialmente, os atingidos pelas enchentes no RS, com flexibilizações negociais, além de doações e apoio humanitário”, diz em nota a presidente do banco, Tarciana Medeiros. “Essas medidas apoiam os clientes a buscar readequação financeira neste momento complexo.”

Amor, gratidão e lágrimas: a tocante história de Matteus, do BB24, e sua avó

O consignado do BB pode ser contratado pelo aplicativo, através de correspondentes, pela internet ou nas agências.

Desde o começo da calamidade, o banco público implementou uma série de medidas de ajuda ao Rio Grande do Sul, que somam mais de R$ 60 milhões entre recursos do conglomerado e valores arrecadados com a sociedade. Além disso, o BB disponibilizou R$ 3,5 bilhões em limites para a reconstrução de cidades do Estado, e R$ 2 bilhões em crédito emergencial para agricultores.

Com informações do Correio do Povo

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários