fbpx

Ao realizar o corte de energia, equipe da RGE é ameaçada pelo morador
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Ao realizar corte de energia elétrica, equipe da RGE é ameaçada pelo proprietário da residência com uma arma cano longo. O fato aconteceu na manhã de segunda-feira(11), na Avenida Caverá, em Alegrete. Segundo informações da Brigada Militar, a guarnição foi acionada no endereço, em razão de uma ameaça contra a vida dos funcionários da empresa de distribuição de energia.

Em dois dias, Brigada Militar e Bombeiros salvam a vida de dois jovens depressivos

 

O relato das vítimas foi que, ao chegarem no endereço, o acusado os recebeu de forma bastante alterada e na sequência entrou na residência e saiu com a arma longa, em punho. Ele ameaçou a equipe que acionou a Brigada Militar. Os policiais apreenderam a arma e encaminharam o homem de 28 anos até à Delegacia de Polícia, onde a arma foi apreendida e o acusado ouvido e liberado.

A inspiração de carinho e proteção que vem dos animais

 

Menino Márcio: pai é indiciado por tortura e homicídio triplamente qualificado

O homem detido pelos policiais é tio do menino, Márcio Anjos Jaques, que foi brutalmente assassinado no ano passado. A criança tinha um ano e 11 meses e foi agredida pelo pai, neste mesmo endereço, na lenheira do tio. Na entrevista coletiva realizada, à época ,com Delegado Valeriano Neto, ele enfatizou que o pai havia confessado o crime.  Quando questionado em relação aos tios, por qual motivo teriam sido tão insensíveis à dor de um inocente, a resposta foi que o inquérito ainda teria desdobramentos. Também, não houve nenhuma observação relacionada à mãe, apenas o mesmo procedimento, de que tudo seria investigado. O pai da criança permanece preso na Modulada em Uruguaiana. O crime que chocou a cidade foi em agosto de 2020.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •