Ciclista de Alegrete é o melhor brasileiro nas 500 Milhas do Uruguai

O ciclista alegretense Erlan Aita faturou o título de vice-campeão da 52º Edição da Volta 500 Milhas do Norte, no Uruguai.

A competição que aconteceu entre os dias 13 e 17, tive suas disputas concentradas na cidade de Artigas.

Aita com uma das maglia que faturou na competição

Ao todo, 114 atletas representaram os países Uruguai, Argentina e Brasil. A competição teve um nível técnico elevado. Foram cinco etapas em 5 dias de intenso pedal. A primeira prova realizada no dia 13, num percurso de 2km, pela Avenida Lecueder, principal via da cidade de Artigas, Aita cravou o melhor tempo. Assim largou no dia seguinte com a malha de líder geral.

Ovelha guacha tranca cabeça em quadro de bicicleta em Alegrete

Na 2ª etapa, na prova de estrada, o alegretense finalizou em 3ª lugar, perdendo a camisa de líder para o argentino Omar Salim Azem de Buenos Aires. Mas assumiu a camisa de malha sprinter. Na 3ª etapa, num circuito dentro da cidade, o ciclista foi ao pódio novamente na posição 3, etapa que assumiu uma nova camisa de prêmio de montanha.

Na 4ª etapa, em uma prova de estrada na distância de 110 km, Erlan Aita foi o terceiro colocado com 2 fugas alucinantes. O ciclista chegou a pedalar mais de 50 quilômetros andando em forma solitária, foi alcançado pela equipe do Avaí que conseguiu abrir do pelotão e alcançar o alegretense com 3 atletas e mais um atleta uruguaio.

Na última etapa, o tradicional circuito de 109 km com largada e chegada em frente ao supermercado Tata lotou as ruas no domingo (18) em Artigas.
Para o alegretense, o único objetivo era tentar assumir a liderança da prova, estava a 18 segundos do líder.

E assim foi, Erlan lutou do início ao fim, encarou todos os adversários até os últimos metros. Entrou na avenida principal na frente e num sprint avassalador venceu a última etapa, bonificando segundos preciosos e descontando vários segundo do líder, mas não o suficiente para ganhar a geral restaram 12 segundos do campeão argentino Omar Salim Azem/Equipe Avaí.


O ciclista alegretense Erlan Aita terminou as 500 Millas Del Norte como vice-campeão e se disse muito feliz pelo resultado.

Aita lutou do início ao fim contra o argentino Omar, vencedor da prova


“Resultado muito positivo. Foram longos dois anos sem a famosa prova, onde me dediquei ao máximo em cada treinamento e no final fui recompensado com este resultado que abriu novas oportunidades na minha carreira”.

Alegretenses comemoraram o feito de Aita nas 500

Erlan Aita competiu pela equipe Apuana Team obtendo ainda o 3º lugar por equipe. Uma semana antes o ciclista já havia vencido a Volta do Butiazal, umas das provas tradicionais do campeonato Fronteirão e considerada a mais temida do mountain bike, Erlan foi o ciclista mais rápido no Butiazal, primeira etapa da competição.

Presença Feminina

Um marco em 2022, a edição das 500 Milhas Del Norte deu largada para o público feminino. Cerca de 60 ciclistas participaram de três etapas do evento pela primeira vez.

E a cidade de Alegrete contou com três ciclistas na prova em Artigas. Mariana Piccoli/Apuana Team, que avaliou sua participação.

Mariana fez bonito em sua primeira participação nas 500

“Um prazer em estar presente na primeira edição com a categoria feminina, foram três dias com três etapas onde estava me sentindo muito bem, porém, uma queda na meta sprinter da última etapa me deixou de fora de brigar por uma posição melhor. Gostaria de agradecer primeiramente a Deus, meus pais, irmã e meu namorado que são tudo pra mim, meus patrocinadores, a minha equipe Apuana Team que fez com que toda essa experiência fosse possível. Parabenizo as meninas que participaram”, destacou Mariana.

Ré que matou padrasto foi inocentada pelo Tribunal do Júri

Já Clariani Rocha e Fernanda Machado Reffatti da equipe União brasileira também revelaram a experiência de participar de uma prova dessa magnitude.

Dupla integrou a equipe União brasileira

“Não sou boa em subidas, sou pesada, não faço força, gosto de girar, estar confortável, não sentir dor. Pedalo pra minha saúde física e mental, pois me traz equilíbrio, satisfação, bem estar, amigos e histórias pra contar. Pedalo pra me desafiar, superar inseguranças, medos, receios. Participar da 1° 500 Millas Del Norte feminina foi um imenso desafio e uma grande superação pra mim, uma prova com ciclistas grandiosas, que inspiram outras mulheres ciclistas. Estar naquele pelotão foi pura emoção, nervosismo e honra, escutar pessoal gritando, aplaudindo, apoiando foi simplesmente espetacular, fez eu buscar forças onde nem eu acreditava ter. Foi extraordinário viver isso, sentir essa maravilhosa sensação que esse esporte proporciona. Foi lindo e emocionante demais. Somente gratidão”, descreveu Clariani.

Clariani adorou a prova e prometeu voltar em 2023

“Primeira 500 Milhas feminina. Uma experiência linda, dividida com amigos queridos. Que alegria poder compartilhar esse momento”, resumiu a ciclista Fernanda.

Fernanda adorou a experiência e elogiou a prova

Fotos: Gustavo Carvalho e Vagner Torres

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários