Delegado Maurício Arruda analisa sua passagem por Alegrete

Depois de um ano à frente da 1ª Delegacia de Polícia de Alegrete e cerca de 10 meses da DPPA, Delegado Maurício Arruda Coronel, se despediu de Alegrete.

Delegado Maurício Arruda
Delegado Maurício Arruda

Com novos desafios, ele conversou com a reportagem sobre a experiência de ter realizado seu primeiro trabalho em Alegrete, cidade que o acolheu com muito carinho, diz.

Após 7 anos trabalhando no Ministério Público Federal em Santa Maria, o policial civil assumiu seu primeiro desafio como Delegado, em Alegrete. Ele cita que saiu deixando grandes amigos, e uma admiração muito grande pelos colegas policiais com quem teve a grande honra de trabalhar nos últimos 12 meses. “Foi meu primeiro desafio e sobretudo um grande aprendizado”.

Impossível descrever a felicidade e o orgulho de ter trabalhado em Alegrete, a recepção que tive na cidade foi incomparável e saio muito feliz, com a sensação do dever cumprido” – pontua.

Polícia Civil de Alegrete recebe dois novos delegados

Delegado Maurício ressaltou que liderar uma equipe de policiais tão competente e experiente como a dos Policiais de Alegrete, obviamente é um grande responsabilidade, mas a competência e compromisso de todos os policiais facilitou muito isso, pois, ele aprendeu muito com a equipe incrível que teve a chance de liderar e que sempre esteve ao seu lado na busca de melhorar a segurança na cidade de Alegrete.

Acompanhe a entrevista:

PAT) Como foi a tarefa de coordenar equipes, realizar ações e estar à frente da DP?


Foi uma desafio que somente foi possível pela confiança que a equipe teve em mim. A segurança pública é um sistema complexo, e somente conseguimos ter melhora nos índices, porque todos os policiais trabalharam muito em busca de um mesmo resultado, e entregar resultados concretos à comunidade, que tanto confia na Polícia Civil.


PAT) Como o senhor vê a importância do relacionamento com os integrantes da equipe de sua delegacia?


É com certeza a parte mais importante do trabalho, pois a qualidade do ambiente é fundamental. Sempre busquei ouvir a todos os Policiais, os quais possuem uma experiência muito grande e juntos sempre buscamos as melhores alternativas dentre as opções disponíveis.


PAT) Como foi a rotina como Delegado em Alegrete?

Foi excelente, sempre busquei dar o meu melhor e acredito que a comunidade soube reconhecer isso. Desde o primeiro dia que cheguei, sempre estive disponível para atender qualquer pessoa que me procurou na delegacia, cidadãos, jornalistas, advogados, enfim, toda população.


PAT) Teve algum acontecimento que tenha sido mais marcante?

Acredito que toda a passagem aqui foi marcante, não saberia escolher 1 evento em especial.

PAT) Como foi o acolhimento em Alegrete?


Foi o melhor possível. Só tenho a agradecer à população de Alegrete, a qual me recebeu tão bem e confiou tanto no meu trabalho.


PAT) o senhor já tinha ideia que sua passagem seria breve em Alegrete?


Na polícia é normal esse ciclo, sobretudo para quem está começando. Foi o primeiro desafio, agora virão outros.


PAT) Com a saída vem a busca por novos desafios? Sabe qual será o destino?

Após um ano trabalhando em Alegrete, saio com a sensação de dever cumprido. Acredito que pude contribuir para melhoria da segurança pública da cidade e agora devo enfrentar um novo desafio na região metropolitana de Porto Alegre.


PAT) Uma situação que ficou muito evidente no período que o senhor esteve à frente da DP e DPPA, mais recentemente somente na DP de Alegrete, foi a busca por agregar forças e ter uma ação integrada entre os órgãos e poderes, isso auxiliou nas resoluções criminais?


Exatamente. Isso foi fundamental. A segurança pública é um sistema muito complexo. Tenho que agradecer a parceria que sempre tivemos com a Secretaria de Segurança Pública do Município, na pessoa do secretário Rui Medeiros, a Brigada Militar, Guarda Municipal, Susepe e Ministério Público.

Todas essas instituições contam com profissionais muito competentes e acredito que o trabalho coordenado e integrado entre todos possibilitou a entrega de bons resultados à população de Alegrete.


Acredito que melhorar a comunicação e interlocução entre os órgãos foi fundamental.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários