Grande fluxo na RS 377 já provocou três acidentes próximo a Alegrete

Com trechos interditados na BR 290, ou apenas com o fluxo de veículos de serviços de urgência, como no Km 132, próximo à entrada de Charqueadas, foi realizado um aterro na parte da pista que cedeu devido ao excesso de água.

O problema também afeta a BR 287, entre São Vicente e Santa Maria, onde a ponte do Arroio Toropi foi interditada e o DNIT está providenciando um desvio por terra, sem previsão de liberação para os que se deslocam de Alegrete e desejam chegar a Santa Maria por esse trecho.

Unipampa se mobiliza em prol das vítimas das enchentes e produz sabonete e água sanitária em Alegrete

Como resultado, observa-se um aumento significativo do tráfego na RS 377, com veículos vindos de São Francisco e São Vicente do Sul em direção a Alegrete, e vice-versa. Com a presença de muitos caminhões nessa rota e as chuvas ocorridas neste mês de maio, o asfalto da estrada está sofrendo com o trânsito de veículos pesados. Devido a essa intensa movimentação, três acidentes com caminhões que tombaram ao lado da pista foram registrados somente nesta semana.

O Comando Rodoviário Estadual, responsável pela jurisdição de parte da RS 377 (de São Francisco a Alegrete e daqui a Quaraí), alerta para os cuidados necessários aos usuários dessa rodovia. É crucial exercer muita cautela e paciência, pois houve um aumento significativo no tráfego, especialmente de caminhões que vêm de regiões do Alto Uruguai e utilizam essa rodovia como única rota para chegar à Fronteira. É importante solicitar aos condutores que, se não houver urgência, evitem transitar na RS 377 até que os trechos interditados sejam liberados.

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários