Proerd, programa da BM, leva inteligência emocional e resistência às drogas a escolas de Alegrete

Na manhã de segunda-feira, os soldados Busnelo e Arnoud deram início a mais uma aula do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD) na Escola Estadual Demétrio Ribeiro, em Alegrete. O encontro contou com a participação de cerca de 32 crianças divididas em duas turmas.

O PAT acompanhou a atividade do dia, cujo tema foi “Lidando com Sinais de Tensão”. A aula ofereceu aos alunos a oportunidade de aprender a identificar e gerenciar sinais de tensão. Durante a temática, foram realizadas atividades práticas que ajudaram os alunos a reconhecer sentimentos, sensações e mudanças corporais associadas à tensão. Eles também foram incentivados a expressar esses sinais.

Câmara homenageia morador da Vila Nova que arriscou a vida para recolher pessoas e animais durante a enchente

Os instrutores do PROERD enfatizaram a importância de lidar de maneira eficaz com essas sensações e sentimentos. Foi explicado que, embora nem sempre será fácil, e é essencial buscar constantemente melhorar a forma como se lida com a tensão, pois a falta de gerenciamento adequado pode resultar em episódios de violência escolar. Alguns alunos compartilharam exemplos pessoais de situações em que experimentaram tensão, demonstrando compreensão e atenção ao conteúdo apresentado.

O material didático utilizado pelo PROERD aborda temas que podem ser trabalhados também com a família. O mascote do projeto, um leãozinho, é visto pelos alunos como uma figura importante e passa de mão em mão durante as atividades.

Menino de um ano pode perder a visão se esperar na fila do SUS

Os profissionais do PROERD mantêm seu compromisso de fornecer informações e conhecimentos variados, visando tornar o ambiente escolar mais seguro e acolhedor. Além disso, o programa ajuda as crianças a desenvolverem habilidades práticas para lidar com situações cotidianas de forma eficiente. As lições do PROERD abrangem autoconhecimento, autocontrole, inteligência emocional e relacionamento interpessoal.

Coordenado pela Brigada Militar, em parceria com escolas e famílias, o PROERD aborda temas como a importância das boas amizades, resistência às pressões de grupo, manejo de sentimentos, confiança, combate ao bullying, solução pacífica de conflitos e tomada de decisões. Este é o quarto semestre, já se formaram 10 turmas e em andamento são 12, seis do soldado Busnelo e seis da soldado Arnoud, isso, desde a retomada do PROERD em Alegrete há cinco anos. O soldado Busnelo, que coordenou o projeto até então, agora conta com o reforço da soldado Arnoud neste semestre.

Atualmente, o PROERD atende cerca de 200 alunos de oito escolas em Alegrete, incluindo a Escola Estadual Demétrio Ribeiro, EMEB Francisco Carlos, EMEB Honório Lemes, Polo Francisco Mafaldo, Escola Estadual de Ensino Fundamental Ecilda Alves Paim, EMEB Lions Clube, Escola Estadual Tancredo Neves e Instituto Estadual de Educação Oswaldo Aranha.

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários