Religiosa faz locais públicos de templo para levar palavras de fé e esperança a quem sofre

O número de pessoas com problemas emocionais como ansiedade, depressão e pânico leva muitas delas buscarem ajuda de médico especialitas nesta área ou tratamento com psicólogos.

Porém, há quem diga que além disso e o próprio psiquiatra Fernando Machado falou em uma ocasião ser importante, mesmo fazendo uso de medicação e terapias, a pessoa ter uma ligação com algo espiritual para buscar mais equilíbrio.

“Joaquim viveu somente 43 dias, mas lutou bravamente na sua curta existência”, dizem os pais

Dentro desse propósito, a religiosa Jussara Martins, integrante da Igreja Assembleia de Deus, da Vila Piola, resolveu fazer algo a mais do que apenas frequentar os cultos e orar, inclusive de madrugada, junto com o marido Evaristo, intercedendo pelas pessoas, causas locais e até mundiais. Como gosta de cantar e já gravou CDs, ela decidiu sair para levar a palavra de Deus a diferentes pontos da cidade. Assim, com a ajuda de uma caixa de som e alguns amigos, já esteve no calçadão, na rodoviária, em ruas do centro e em bairros de Alegrete.

Um mês depois da maior tragédia que assolou o RS, são incontáveis os testemunhos de solidariedade

“Isso me faz muito bem, porque sinto que cada vez mais sou abençoada. Enquanto louvo, percebo que as pessoas se sensibilizam e, muitas vezes, vêm até mim. Quando as abraço e compartilho uma palavra de fé e amor cristão, sinto que faço a diferença”, diz Jussara. Ela acrescenta que muitas pessoas sofrem e não sabem o quê fazer. Sempre que possível, ela as acolhe, pois também já passou por provações e conseguiu vencer, graças à palavra de Deus que mudou sua vida. Hoje, sente-se à vontade para ajudar pessoas como uma forma de gratidão ao Criador.

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários