Rio Ibicuí em Manoel Viana sobe mais de dois metros em 12 horas e já desaloja famílias

O município de Manoel Viana já contabiliza cerca de 15 famílias desalojadas devido à força das águas do Rio Ibicuí. Nas últimas 12 horas, o nível subiu 2 metros e 47 centímetros, o que acionou o sinal de alerta da Defesa Civil.

“Paz no trânsito começa por você”, com esse tema Maio Amarelo tem programação definida em Alegrete

Dados oficiais de medição da CPRM no município registraram na quinta-feira (02) que o nível estava na cota de atenção às 7h30, com 8 metros e 14 centímetros. Nesta sexta-feira (03), o Ibicuí alcançou a cota de inundação com 10 metros e 61 centímetros, ultrapassando um metro acima da cota extrema.

De acordo com o secretário Francisco Oliveira, responsável pela infraestrutura do município e também pela coordenação da Defesa Civil, as equipes já estão em deslocamento para transferir cerca de 15 famílias na manhã desta sexta-feira (03). Até o momento, duas casas foram atingidas pelo aumento do nível do Rio Ibicuí, afetando 10 moradores, que serão realocados nas casas de familiares neste primeiro momento.

Em decorrência das cheias, safra de grãos terá prejuízo acima dos 2 milhões em Alegrete

Outra situação que preocupa a Defesa Civil são as famílias do assentamento Santa Maria do Ibicuí, lá o arroio Guaraguataí bloqueou o acesso em virtude do encontro com a cheia do Ibicuí e interrompeu o principal caminho de ligação ao município.

A Defesa Civil está prestando auxílio aos assentados, e o desvio para chegar até o local aumenta em 7 quilômetros pela localidade da Rosa Tuna. Segundo apurou a reportagem, com base em dados da CPRM/ANA, o nível do rio passou da cota de atenção para a de inundação em pouco menos de 12 horas e continua em elevação. O Ibicuí está crescendo 10 centímetros por hora desde o meio-dia de quinta-feira até o momento.

Fotos: DC/Manoel Viana

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários