Yonlu do alegretense Hique Montanari terá exibição especial no Cult Cinemas

Finalmente o consagrado e premiado filme Yonlu, do cineasta alegretense Hique Montanari, terá uma exibição especial no Cult Cinemas em Alegrete.

O filme de longa-metragem do diretor alegretense radicado em Porto Alegre, Hique Montanari, finalmente poderá ser assistido e debatido pelo público de Alegrete, em única sessão no Cult Cinema Alegrete, no dia 24 de maio, às 20h, em sessão gratuita.

Menor de 15 anos, dirigindo carro irregular desde 2016, foi apreendida no Bairro Prado

A entrada no cinema será mediante convite e por uma ação promocional de reserva de ingressos, seguida de debate com o diretor e convidados.

A iniciativa é do diretor, roteirista e o produtor do filme, Hique Montanari, do jornalista Paulo Berquó, dos Cinemas Cult Alegrete e da sua proprietária, Cristiane Brandolt.

Hique visitou o cinema e acertou detalhes com a empresária Cristiane e o jornalista Bérquo.

Yonlu é uma cinebiografia adaptada da vida e obra do artista que dá título ao filme, um adolescente porto-alegrense de 16 anos que, com a ajuda da internet, conquistou o mundo com seu talento para a música e para a arte.Fluente em cinco idiomas, Yonlu tinha uma rede de amigos virtuais em todos os continentes. Ninguém desconfiava, contudo, que também participava de um fórum de potenciais suicidas.

Ator principal Thalles Cabral é Yonlu

A exibição em Alegrete será seguida de debate com a plateia, equipe e convidados, entre eles a psicóloga Judete Ferrari, onde os temas irão da produção do filme, produção de cinema no RS e Brasil, aos assuntos relativos à saúde mental, com ênfase na adolescência, já que esse é um dos temas centrais da obra.
O filme tem classificação indicativa de 14 anos e pode ser um filme sensível ao público acometido por questões psíquicas.
O filme é o primeiro longa-metragem de Hique Montanari. O diretor trabalha com audiovisual, desde 1990, já tendo produzido, roteirizado e dirigido filmes de curta e média-metragem, ficção, documentários, conteúdo e séries para TV, com seus trabalhos exibidos em rede estadual e nacional de televisão, além de prêmios no Brasil e no exterior.

Filme já foi indicado pelos maiores festivais cinematográficos do mundo

Yonlu é uma coprodução das empresas Container Filmes Ltda, de Hique Montanari, e da Prana Filmes, ambas com sede em Porto Alegre, RS. Possui financiamento do Pró-Cultura RS, da Secretaria de Estado da Cultura RS, do FSA – Fundo Setorial do Audiovisual, ANCINE e BRDE, apoio do Iecine – Instituto Estadual de Cinema RS, entre outros.
Em 31 de agosto de 2018, o filme estreou nos cinemas de todo o Brasil, com distribuição pela também empresa gaúcha, a Lança Filmes, e ficou em cartaz nas salas pela considerável marca de doze semanas consecutivas em exibição.
O filme também já fez a sua estreia na TV por assinatura brasileira, como no Canal Brasil e Telecine Cult, além de ter sido disponibilizado nas principais plataformas de Video on Demand, como Google Play, Youtube Filmes, iTunes, etc.

No elenco, está o jovem e talentoso ator e músico Thalles Cabral que interpreta o personagem título, além de grandes nomes das artes cênicas gaúcha.
O filme é bilíngue, português e inglês, seguindo os originais dos registros de diálogos, textos e composições deixados por Yonlu.

Professora, hoje distante e aposentada, cultiva muitas lembranças e saudade de Alegrete


Em 2019, Yonlu esteve com seu nome na seleção dos 22 filmes brasileiros que foram habilitados a concorrerem na votação nacional à vaga do representante do Brasil ao Oscar de Filme Estrangeiro.
Até o início de 2022, Yonlu esteve na seleção oficial de mais de 28 festivais de cinema, entre os internacionais e nacionais, e diversos prêmios, entre eles: Prêmio da Crítica (Abraccine) de Melhor Filme de Longa-Metragem Brasileiro de Diretor Estreante, na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo (SP, Brasil), Prêmio de Melhor Diretor Estreante (Los Angeles, EUA), Prêmio de Melhor Roteiro de Longa-Metragem (Chile), Melhor Filme (Austrália), Melhor Ator (Holanda), Prêmio Humanidade (Holanda), Melhor Ator (Itália), Prêmio da Crítica de Longa-Metragem (EUA), Prêmio de Melhor Filme e Prêmio da Imprensa, no Festival Internacional de Cinema da Fronteira (Bagé, RS, Brasil).

A produção do evento em Alegrete divulgará na imprensa local e nas redes sociais as informações sobre como o público reservará seu ingresso para a sessão do dia 24. O número de convites é limitado e o Cinemas Cult também estará divulgando mais informações nas suas redes sociais.

O quê: Filme YONLU (ficção, 88min, Digital, Dir. Hique Montanari, Brasil, 2017).

Quando: No Cinemas Cult Alegrete, em exibição no dia 24 de maio de 2022, terça- feira, às 20h, seguida de debate.

Quanto: Ingressos: somente com convites e promoção de reserva de ingressos gratuitos pelas redes sociais do Cinema (ingressos não estarão à venda).

Fotos: reprodução

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários