Yonlu do cineasta alegretense Hique Montanari em sessão única no Cult

Yonlu, o filme de longa-metragem do diretor alegretense radicado em Porto Alegre, Hique Montanari, finalmente poderá ser assistido e debatido pelo público de Alegrete.

Nesta terça-feira (24), em única sessão no Cult Cinema Alegrete, às 20h, em sessão gratuita, mediante convite e uma ação promocional de reserva de ingressos pelos organizadores do evento.

A exibição do filme será seguida de debate com o diretor e convidados. A iniciativa é do diretor, roteirista e o produtor do filme, Hique Montanari, dos Cinemas Cult Alegrete, através da proprietária, Cristiane Brandolt, com apoio do jornalista Paulo Berquó.

“Cadê minha filha?”, diz mãe de alegretense, de 14 anos, que saiu de casa para ver o cavalo e desapareceu

Yonlu é uma cinebiografia adaptada da vida e obra do artista que dá título ao filme, um adolescente porto-alegrense de 16 anos que, com a ajuda da internet, conquistou o mundo com seu talento para a música e para a arte.
Fluente em cinco idiomas, Yonlu tinha uma rede de amigos virtuais em todos os continentes. Ninguém desconfiava, contudo, que também participava de um fórum de potenciais suicidas.

A exibição em Alegrete será seguida de debate com a plateia, equipe e convidados, entre eles a psicóloga Judete Ferrari, onde os temas irão da produção do filme, produção de cinema no RS e Brasil, aos assuntos relativos à saúde mental, com ênfase na adolescência, já que esse é um dos temas centrais da obra.

Foto: divulgação

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários