Lixo urbano, problema de todos os municípios, já tem solução e ainda pode gerar milhões em receitas

Com mais de duas décadas de pesquisas e evolução constante, a EKT Global, empresa brasileira, sediada em Novo Hamburgo, desenvolveu uma tecnologia patenteada em mais de 80 países, tendo plantas consolidadas e instaladas ao redor do mundo.

Lixo próximo à rodoviária
Lixo próximo à rodoviária

Recentemente, teve reconhecimento da ONU como solução global para o problema de acúmulo de resíduos plásticos no mundo.

Um dos grandes desafios enfrentados pelos gestores públicos são os Resíduos Sólidos Urbano (RSU). Os aterros sanitários dos munícipios necessitam ser monitorados, constantemente, para garantir que não há contaminação do solo e do ar, além do risco constante de incêndios, devido ao gás metano existente da decomposição dos elementos orgânicos que compõem os resíduos. Por isso, valores expressivos do orçamento dos munícipios, que poderiam ser destinados à educação, saúde ou infraestrutura, são comprometidos para a gestão do RSU.

Na busca de uma solução a estes grandes desafios, a tecnologia EKT foi desenvolvida com o propósito de promover a Economia Circular, valorizando os resíduos das mais distintas origens (urbano, industrial, agrícola, mineração, hospitalar, etc) que seriam descartados em aterros sanitários ou outros destinos, tornando-os produtos de alto valor agregado, tais como energia elétrica, energia térmica, óleo biosintético e madeira Biosintética.

Em estudos do potencial para a região da Campanha, a tecnologia EKT tem capacidade de gerar receitas de mais de R$ 650.000.000,00 com a recuperação dos aterros sanitários inativos dos munícipios que compõem a região, eliminando os constantes riscos eminentes de passivos ambientais e, transformando os resíduos urbanos lá enterrados em CBSI (Composto Biosintético Industrial), o qual será destinado à geração de energia térmica.

Ela quer ser advogada, mas precisa enfrentar as barreiras da deficiência visual

Para os resíduos gerados diariamente pelos munícipios, a tecnologia EKT tem potencial para transformá-los em mais de 73GWh/ano, capaz de atender ao consumo de energia elétrica de mais de 27.000 famílias.

Considerando a produção de madeira Biosintética, ao invés de enviar os resíduos para aterros sanitários, a tecnologia EKT pode produzir material para construção de mais de 16.000 casas populares/ano. Ainda considerando a produção de madeira Biosintética, poderíamos promover o desenvolvimento da infraestrutura ferroviária para a região, produzindo dormentes para trilhos de trem para atender mais de 932km de ferrovia/ano.

Cledir Pies deixa a administração do Presídio de Alegrete com elogiáveis realizações

Em resumo, a tecnologia EKT pode promover uma grande mudança para os munícipios da região da Campanha, gerando receitas dos resíduos que hoje são grandes despesas e, com isso, maiores investimentos nas principais áreas de gestão pública poderão ser executados.

Eng. Delmar Henrique Brauwers

Gerente Comercial – EKT Global

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários