Mãe, desesperada, precisa de ambulância para trazer filho de Florianópolis

Uma mãe, desesperada, ligou para a redação pedindo ajuda para remover seu filho de um hospital desde Florianópolis até Alegrete.

Hospital Governador Celso Ramos- Florianópolis
Hospital Governador Celso Ramos- Florianópolis

Sônia Miranda explica que seu filho Paulo César, de 47 anos, trabalhava como mecânico lá e teve um AVC isquêmico. No hospital teve todo o atendimento, mas agora passados 20 dias tem que deixar a unidade de saúde, informa a mãe.

O ex-atleta João Antônio Araujo Leal, Macaco, morreu no Rio de Janeiro

Daí começou o seu desespero para conseguir ambulância ou carro para trazer seu filho para Alegrete, já que ele só tem a ela. Conta que já ligou tentando essa ajuda e não conseguiu e as assistentes sociais do Hospital ligam pedindo que providencie o transporte, diz dona Sônia.

Mãe, abençoada por Deus, agradece o grande presente que a vida lhe deu

Paulo César não fala e nem caminha, devido as consequências do AVC e não pode mais ficar internado. Sonia diz que pode ser um carro e ela tem que ir junto, porque o médico diz que só entrega ele na presença da mãe.

O ex vereador Celeni Viana, ex Delegado Regional de Saúde foi acionado para tentar fazer a ponte, neste caso, e ajudar essa família, visto o conhecimento que tem em saúde. Ele entrou em contato com a Secretaria da Saúde.

A Secretária Haracelli Fontoura explica que, neste caso, o estado de Santa Catarina deverá trazer o paciente até o RS e de lá a regulação Móvel Cor faria o translado para Alegrete.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários