Agente Penitenciário que esteve à frente do Presídio é Cidadão Alegretense

Uma homenagem realizada na Câmara de Vereadores do Alegrete na sexta-feira, 30, marcou o recebimento do Título de Cidadão Alegretense pelo agente penitenciário Cledir Pies.


A proposição foi apresentada pelo vereador Vagner Fan e aprovada por unanimidade pela Câmara Municipal.
Ao receber a honraria das mãos do presidente, vereador Ênios Bastos, Cledir emocionou-se com o reconhecimento do município. “Essa noite é uma das mais especiais da minha vida porque é um reconhecimento aos esforços de muitos pela segurança”, disse na cerimônia realizada no Plenário da Câmara Municipal.

Novas revelações indicam fatos novos no assassinato da 20 de Setembro


No ato, foram destacadas algumas ações do agente penitenciário enquanto administrador do Presídio Estadual de Alegrete. Cledir enalteceu a todos os colegas que atuaram de forma incansável ao seu lado e, por esse motivo, ele será sempre muito grato.

Também exaltou a parceria entre os órgãos de segurança e o Judiciário. “Através do Juiz de Direito, Rafael Borba e demais servidores do Fórum, da Comarca de Alegrete.

Com uma gestão muito humana e visionária, o agente penitenciário, fez uma grande “revolução”, no período de três anos. Com resultados muito positivos, neste período, não ocorreram tentativas de fugas, rebeliões ou ocorrências de vulto no interior do PEAL.

Apenado, com tornozeleira eletrônica, é preso com pistola, espingarda e mais de 100 munições em Alegrete

Cledir esteve no Peal de 2015 a 2022, entretanto, durante três anos esteve à frente da administração com muitas ações que foram destaques, no PAT, pelo trabalho e envolvimento com a Casa Prisional. Com um olhar humanizado, Cledir atuou em parceria com vários órgãos de segurança, judiciário, executivo e legislativo para melhorias que deram um grande resultado no cumprimento de pena dos apenados.

Vereador Vagner Fan evidenciou o trabalho do também colega de profissão e ressaltou que Cledir, que foi transferido, este ano para Santiago, deixou um legado de trabalho, disciplina e ética profissional.

Sobre o homenageado:

Cledir Luis Pies é natural de Campina das Missões no estado do Rio Grande do Sul e filho de Ivo Pies e Selita Siveris Pies. Estudou e formou-se em Historia pela PUC, tornou-se advogado estudando Direito pela URI Santiago, realizou concurso público, sendo aprovado para Agente Penitenciário, foi locado para a cidade de Alegrete.

Apresentou-se no Presídio Estadual em Alegrete no dia 01/09/2015 e assumindo como diretor em 01/03/2019.

Trabalhou com intuito de revolucionar o Presídio Estadual de Alegrete (PEAL), através da integração com os demais órgãos de segurança e instituições em Alegrete. Foi feita uma reestruturação e revitalização do Presidio com inúmeras obras e melhorias.

A vida por um fio; tentativas de suicídio são frequentemente evitadas

Implantada uma nova ordem e disciplina, não sendo registrada nenhuma fuga nos três anos que atuou como administrador, dos anos de 2019 a 2022. Foi protagonista da implantação do sistema de tornozeleira eletrônica, na cidade do Alegrete, tendo com isso melhoria e controle do monitoramento dos apenados, do semiaberto, fazendo com que houvesse o desafogo do PEAL, podendo assim, gerenciar mais segurança para a comunidade alegretense. Neste ano de 2022, foi locado para a cidade de Santigo-RS.

Secretário de Segurança, mobilidade e cidadania, Daniel Rosso, representou o Executivo. Também estiveram na sessão, vereadores, familiares, amigos, colegas de trabalho, Juiz de Direito, Rafael Borba e convidados.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários