Estado faz quarto alerta consecutivo para o crescimento de casos de Covid e doenças respiratórias

Em função de um pico de contágio por covid-19 observado no Estado, o governo emitiu, pela quarta vez consecutiva, Avisos para todas as 21 regiões no Sistema 3As de Monitoramento, que gerencia a pandemia no Rio Grande do Sul.

Covid
Covid

Alegrete faz parte da Região 03(Uruguaiana), e está inserida no alerta, embora os casos no Município estejam controlados e, de acordo com o último Boletim Epidemiológico, na quarta-feira(15), não há pacientes internados na Santa Casa.

Cliente é surpreendido com gesto de funcionária de mercado

Atualmente são 19.729 casos confirmados e 19.249 recuperados e há 153 casos ativos no Município.

Até a data de hoje, são 327 óbitos por Covid-19 e foram realizados 57416 testes, sendo 37.687 negativos, 19.729 positivos e há 03 pessoas aguardando resultados de exames. Em observação com síndrome gripal há 54 pessoas.

Coordenada pelo governador Ranolfo Vieira Júnior e pela secretária da Saúde, Arita Bergmann, a reunião do Gabinete de Crise ocorreu na última quarta-feira (15).

 O alerta está em razão da busca por atendimento em razão da Covid-19 se soma à demanda causada por outras síndromes respiratórias, comuns à época mais fria. Também se observa um aumento na busca por atendimentos eletivos, represados durante a pandemia.

Para eles o amor supera tudo, até sutis diferenças

Na semana, o número de internados entre casos suspeitos e confirmados cresceu em 27. Nos leitos clínicos, houve um aumento de 37 e, nos leitos de UTI, uma redução de 10. Há 803 suspeitos e confirmados em leitos clínicos, o que representa um crescimento de 4,8% em comparação à semana passada. Os internados em UTIs são 217, 4,4% a menos do que na semana passada.

De acordo com o monitoramento feito pelas equipes do Grupo de Trabalho (GT) Saúde, o aumento da propagação ao longo dos meses de maio e junho também já pode ser percebido no número de óbitos por Covid-19. Em 1º de maio, o total de óbitos no Estado era de 39 (0,3 por 100 mil habitantes), e a última semana apresentou um total de 162 óbitos (1,4 por 100 mil habitantes), um crescimento de 315,4%.

Confraria das Belas retornou com a noite do pijama

Isso reforça ainda mais a importância de que a população busque a dose de reforço e a segunda dose da vacina contra a covid-19. Cerca de 80% da população residente no Rio Grande do Sul está com o esquema vacinal primário (duas doses) completo, mas apenas 54,8% tomaram a dose de reforço, completando o esquema vacinal.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários