Metido a Bacana leva GP Damas da Cancha Reta em homenagem a alegretense Carla Carlesso

Pontualmente às 15h, da última segunda-feira (12), bateu os portões do Jockey Club de Alegrete. A maior pista em cancha reta do Brasil assistiu a mais uma final empolgante de um Grande Prêmio.

Atropelamento deixa dois feridos e mobiliza Brigada Militar, Bombeiros e Samu

O nome do campeão ecoou entre os apostadores em menos de um minuto. Metido a Bacana deslanchou e com sobra cruzou a linha de chegada soberano. Foi para parceria entre Uruguaiana e São Borja o prêmio maior, estimado em R$ 45 mil.

Vida de Bombeiro; a missão de ser um dos profissionais que salvam vidas

Na homenagem especial a turfista Carla Carlesso de Freitas, Metido a Bacana, cavalo de 55 kg (Put It Back/Salle de Bain), criação do Haras Santa Maria de Araras, propriedade do Stud Vinícius Roehrs de Uruguaiana e São Borja, treinado pelo S. Rui e pilotado tecnicamente pelo jockei Alex Pires. Vale ressaltar, que Metido a Bacana teve os cuidados do conceituado veterinário Dr. Tiago Tarrago.

Novo administrador quer manter o bom nível de gestão no Presídio de Alegrete

A final encerrou com o representante alegretense Urano Negro em segundo, seguido de Eletrizante Dollar cavalo de Palmeiras das Missões, e Infinity Heart, o cavalo catarinense que chegou na última posição, e era apontado como favorito no páreo final.

Urano Negro com o jóquei G. Santos

Alegrete mais uma vez se destacou no cenário nacional do turfe, embora a expectativa de um festival de Pencas não ter se confirmado, Nilton Carlesso e a Comissão Organizadora com Luciano Silva e Jarbas ‘Binha’ Stamm, deram um show de organização e decidiram priorizar a V edição do GP Damas da Cancha Reta, em acertada homenagem à Carla Carlesso de Freitas, filha do ícone Nilton Carlesso, atua como veterinária, assim como seu pai, uma apaixonada pelas corridas de cavalos e pelos cavalos de corrida.

Afinal, qual foi o propósito das falsas bombas; a polícia não tem pistas

Nesta edição do Leilão Titãs da Velocidade, foram comercializados 20 potros totalizando a cifra de R$ 1.302,000.00 o que confirma uma premiação da penca de 2024 estimada em R$ 200 mil, para esses animais da Geração 2021, que devem correr em Alegrete no ano que vem. O jantar em prol da Liga Feminina de Combate ao Câncer rendeu R$ 6.100,00.

Fotos: Osni da Silva

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários